Concurso Seagri DF saiu o Edital 224 vagas

Saiu o edital do concurso Seagri DF (Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do Distrito Federal)! São ofertadas 224 vagas imediatas e oportunidades de cadastro reserva para cargos de níveis médio e superior.

Veja as principais informações do concurso:

  • Banca organizadora: Iades
  • Cargos ofertados:
    • Técnico de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária
    • Analista de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Salários iniciais: de até R$ 10.670,00
  • Vagas: 224 imediatas + CR
  • Taxa de inscrição:
    • R$ 54,00 (Técnico)
    • R$ 59,00 (Analista)
  • Inscrições: 26/10 a 30/11
  • Provas objetivas: 8/1/2023
  • Edital

Veja mais detalhes no índice abaixo!

Prepare-se para este concurso: Apostilas SEAGRI DF

Cargos e vagas Concurso Seagri DF

Ao todo, são ofertadas 224 vagas imediatas e oportunidades de cadastro reserva para os seguintes cargos:

  • Técnico de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária: 74 vagas imediatas; e
  • Analista de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária: 150 vagas imediatas.

Confira mais detalhes abaico:

Analista (imediatas):

Inscrições para o Concurso SEAGRI DF

Os interessados podem se inscrever no portal da banca Iades entre os dias 26/10 e 30/11. A taxa de inscrição varia de acordo com o cargo escolhido. Veja:

  • R$ 54,00 (Técnico)
  • R$ 59,00 (Analista)

Salários Seagri DF

Conforme indicado no edital, o salário inicial do aprovado será de:

  • Técnico de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária: R$ 6.792,50;
  • Analista de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária: R$ 10.670,00.

Requisitos

Técnico de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária

  • Técnico de Laboratório
  • Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino e registro de Classe
  • Agente Administrativo
  • Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio educacional (antigo segundo grau), reconhecida pelo órgão próprio dos sistemas de ensino.

Analista de Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária

  • Administrador
    • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de Bacharelado em Administração Pública ou de Empresas, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro no Conselho de Classe.
  • Biólogo
    • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Biologia, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério de Educação, e registro no Conselho de Classe.
  • Contador
    • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Ciências Contábeis, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério de Educação, e registro no Conselho de Classe.
  • Economia
    • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Ciências Econômicas, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro no Conselho de Classe.
  • Direito e Legislação
    • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.
  • Médico Veterinário
    • Diploma devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina Veterinária, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e registro no Conselho de Classe.
  • Nutricionista
    • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Nutrição, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro no Conselho de Classe.
  • Químico
    • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Química, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro no Conselho de Classe.
  • Zootecnista
    • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de graduação em Zootecnia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro no Conselho de Classe.

Provas e etapas edital Seagri DF

Os candidatos serão avaliados em até três etapas:

  • Prova objetiva (todos os cargos)
  • Prova discursiva (somente Analista)
  • Prova de títulos (somente Analista).

As provas objetivas serão aplicadas no dia 8 de janeiro de 2023!

Prova objetiva

A prova objetiva será composta por 50 questões de múltipla escolha. Cada questão contará com 5 alternativas (A, B, C, D e E) e apenas uma única resposta correta.

Analista

Analista (cadastro reserva):

Técnico (imediatas):

Técnico (cadastro reserva):

Prova objetiva

A prova objetiva será composta por 50 questões de múltipla escolha. Cada questão contará com 5 alternativas (A, B, C, D e E) e apenas uma única resposta correta.

Analista

Técnico

Conforme indicado no edital do concurso Seagri DF, o candidato não pode:

  • a) obter pontuação igual a 0 (zero) nas questões de Língua Portuguesa;
  • b) obter pontuação menor que 40% (quarenta por cento) nas questões de Conhecimentos Gerais; e
  • c) obter pontuação menor que 40% (quarenta por cento) nas questões de Conhecimentos Específicos.

Será considerado aprovado o candidato que obtiver o mínimo de 50% da pontuação total máxima!

Prova discursiva edital Seagri DF

Conforme informado anteriormente, a prova discursiva será aplicada somente para o cargo de Analista.

A prova discursiva terá como objetivo avaliar a capacidade de expressão do candidato. Esta etapa valerá, ao todo, 20 pontos e deverá ter entre 20 (mínimo) e 30 (máximo) linhas.

Será avaliado o texto o Domínio do Conhecimento Específico (DCE) que será composto pelos seguintes critérios (DCE= TX + AR + CC + EC):

  • a) Tema/Texto (TX), pontuação máxima igual a 5,0 (cinco) pontos: serão verificadas a adequação ao tema (pertinência ao tema proposto), a adequação à proposta (pertinência quanto ao gênero proposto) e a organização textual (paragrafação e periodização);
  • b) Argumentação (AR), pontuação máxima igual a 5,0 (cinco) pontos: serão verificados a especificação do tema, o conhecimento do assunto, a seleção de ideias distribuídas de forma lógica, concatenadas e sem fragmentação e a apresentação de informações fatos e opiniões pertinentes ao tema, com articulação e consistência de raciocínio, sem contradição, estabelecendo um diálogo contemporâneo;
  • c) Coesão e Coerência (CC), pontuação máxima igual a 5,0 (cinco) pontos: serão verificadas a coesão textual (retomada pronominal; substituição lexical; elipses; emprego de anafóricos; emprego de articuladores/conjunções; emprego de tempos e modos verbais; emprego de processos lexicais: sinonímia, antonímia, hiperonímia, hiponímia) e a coerência argumentativa (seleção e ordenação de argumentos; relações de implicação ou de adequação entre premissas e as conclusões que delas se tiram ou entre afirmações e as consequências que delas decorrem); e
  • d) Elaboração Crítica (EC), pontuação máxima igual a 5,0 (cinco) pontos: serão verificadas a elaboração de proposta de intervenção relacionada ao tema abordado e a pertinência dos argumentos selecionados fundamentados em informações de apoio, estabelecendo relações lógicas, que visem propor valores e conceitos.

Vale a pena ressaltar que a banca também levará em consideração o número de erros (NE) e o total de linhas (TL) do candidato. A nota final será calculada da seguinte forma: PPD = DCE – ((NE/TL) x 2)

Será eliminado do concurso o candidato que obtiver a pontuação final inferior a 10 pontos!

Prova de títulos

A prova de títulos terá caráter somente classificatório. Esta etapa valerá, ao todo, 5 pontos (ainda que a soma dos valores dos títulos seja superior a esse valor).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.